serviços

Polícia Civil lança vídeo e apresenta balanço da CORE em 2018

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) divulgou, nesta quarta-feira (05), o balanço dos sete meses das ações realizadas pela Coordenadoria de Recursos Especiais (CORE) desde a sua criação. Na ocasião, também foi apresentado um vídeo institucional com a estrutura do grupo tático, que atua em Belo Horizonte e em todo o Estado, explicando o que é a CORE e mostrando a atuação da Coordenadoria. O objetivo do vídeo é apresentar à sociedade mineira as especificidades do grupo tático e, assim, promover a segurança pública.

 

                                                                                                              Divulgação PCMG

A PCMG apresentou um vídeo institucional com a estrutura do grupo tático, que atua em
Belo Horizonte e em todo o Estado, explicando o que é a CORE.

                                                                                       

 


Composta por policiais especializados para atuar em operações táticas, criada pela Resolução nº 8.004 de 2018, a CORE é responsável por resgate de reféns, incursões em área de risco, gerenciamento de crises, escolta de dignitários, cumprimento de mandados de prisão em locais de alto risco, promover o apoio operacional às delegacias do Estado, dentre outras funções.

                                                                                                                    Divulgação PCMG

O objetivo do vídeo é apresentar à sociedade mineira as especificidades do grupo tático e,
assim, promover a segurança pública.

         


Segundo o Chefe do Departamento de Operações Especiais (DEOESP), responsável pela CORE, Delegado-Geral Hugo Malhano, somente nesses sete meses de trabalho foram presas mais de 50 pessoas suspeitas de crimes ligados a organizações criminosas responsáveis por diversos crimes. “Conseguimos, neste curto espaço de tempo de trabalho, dar prontas-respostas aos mineiros e efetuar 54 prisões, sendo 25 suspeitos de sequestros”, afirmou.

 

                                                                                                                           Divulgação PCMG

De acordo com o inspetor do DEOESP e da CORE, Marco Matos, a CORE realizou 76 operações
desde maio deste ano.


Para compor a CORE, já foram promovidos pela Academia de Polícia Civil de Minas Gerais (ACADEPOL) dois cursos e, dos 222 inscritos, somente 16 foram selecionados. “Treinamos exaustivamente para estarmos sempre preparados e agirmos em missões de alta complexidade. A equipe conta com snipers e policiais civis aptos na atuação estratégica. Para isto, utilizamos o espaço do Centro de Treinamento Avançado da PCMG, que conta com toda a infraestrutura necessária para nos capacitarmos”, explicou Malhano.


                                                                                                                     Divulgação PCMG

De acordo com o chefe do DEOESP, Hugo Malhano, somente nesses sete meses de trabalho
foram presas mais de 50 pessoas ligadas a organizações criminosas.

 


De acordo com o inspetor do DEOESP e da CORE, Marco Matos, a CORE realizou 76 operações desde maio deste ano. “Temos uma média de 11 demandas mensais. Nesses sete meses, agimos contra grupos criminosos de alta periculosidade e tivemos êxito em todas as operações. Conseguimos, assim, desarticular organizações criminosas ligadas ao tráfico de drogas, sequestro, roubo, dentre outros crimes”, relatou.


                                                                                                                      Divulgação PCMG

O maior objetivo da PCMG com a criação da CORE e todo o investimento que é realizado no
grupoé promover a segurança dos mineiros

 


Para o Chefe-Adjunto da Polícia Civil de Minas Gerais, Delegado-Geral Gustavo Adélio Lara Ferreira, o maior objetivo da PCMG com a criação da CORE e todo o investimento que é realizado no grupo é promover a segurança dos mineiros. “Estamos suprindo uma demanda antiga e necessária com a criação deste grupo tático. Nosso foco é promover a segurança pública em Minas Gerais e demonstrar para a sociedade que estamos atentos e capacitados para realmente banir o crime do Estado, pois possuímos policiais civis, em todas as áreas de atuação da Polícia Judiciária, e agora na CORE, extremamente capacitados para agir e proteger os cidadãos mineiros”, ressaltou.


                                                                                                                    Divulgação PCMG

A equipe conta com snipers e policiais civis aptos na atuação estratégica.


Durante a apresentação do vídeo e do balanço, também estiveram presentes o Superintendente de Investigação e Polícia Judiciária, Delegado-Geral Carlos Capristrano, a Diretora da Acadepol, Delegada-Geral Ana Cláudia Oliveira Perry e o Inspetor Geral de Investigadores, Sebastião Rocha Filho, além de policiais civis da CORE e do DEOESP.


                                                                                                              Divulgação PCMG

Equipe CORE

 

 

Gabinete do Delegado Assistente da Chefia da Polícia Civil
Assessoria de Comunicação – PCMG 
(31) 3915-7182 - (31) 3915-7192

imprensa.pcmg@gmail.com
  • Enviar Notícia
  • Gerar PDF

Vídeo Capa


Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves
Prédio Minas, 4º andar,
Rodovia Papa João Paulo II, 4143, Serra Verde
Belo Horizonte - MG
CEP - 31.630-900